Pernas pra que te quero!

10799490_10205279900820906_353799430_n

O clima do SPFW invadiu o atelier!!! E aproveitei para testar uma técnica nova de modelagem de bonecos.

Lembram que já postei aqui sobre o livro do Carlos Lischetti?

(http://boloebrigadeiro.com/2014/03/25/inspiracoes-carlos-lischetti/)

No livro “Animation in Sugar” ele propõe uma técnica incrível para modelagem de pernas de bonecos que estejam “em pé”: Ao invés de buscar realismo, com os contornos perfeitos, as pernas são estilizadas e aparecem juntas em um bloco de massa, com algumas curvas e contornos que sugerem uma determinada posição ou movimento.
Eu achei interessante porque, sinceramente, acho bem difícil fazer pernas delicadas e ao mesmo tempo resistentes, o que acontece especialmente no caso de bonecas que estejam de saia ou shortinho.
Para que o boneco fique em pé no bolo e possa ser transportado com segurança, quase todo mundo usa um espeto de churrasco ou palito de algodão doce. E esta peça, na minha opinião, às vezes compromete a “leveza” de um par de pernas mais finas. Por conta disto, minha curiosidade em tentar a técnica que ele propôs!
Ainda não dá para dizer que vou aderir e fazer isto todas as vezes, mas achei o resultado interessantíssimo. =D
Eu fiz a boneca que ele chama de “fashionista” no livro e mudei alguns detalhes. E, na hora de modelar as pernas, achei que ficaria mais interessante torcer a placa de pasta para o lado oposto ao que ele sugere.
10749466_10205279904540999_405648897_nPara quem gosta de modelagem, vale a pena comprar o livro que é cheio de idéias ótimas! Aqui, vou dividir com vocês as etapas da minha peça, já com as adaptações que fiz:

1) Antes de tudo, um detalhe interessante: A boneca é grande. Para vocês terem uma idéia, usa aproximadamente 200 g de pasta de modelar e para a peça da base (que serão as pernas estilizadas) recomendo usar 100 g. Eu fiz uma mistura de pasta americana e massa de flores (30% de massa de flores para 70 % de pasta americana) e também coloquei uma pitadinha de cmc.

Outro ponto importante é que ele recomenda que você use o molde fornecido pelo livro. Na verdade, eu achei que poderia ser também um desenho a mão livre, mas que tenha uma boa proporção entre pernas, tronco e cabeça, apenas para servir de guia.

10744819_10205279877220316_1116576039_n

2) Para começar é preciso modelar um rolo de pasta, mais grosso em uma das extremidades e bem longo. Feito isto, este rolinho deve ser achatado (usei uma das minhas pás de alisar o bolo) em ângulo, deixando o topo mais espesso que a base. E a ponta da base deve ser alargada (mais ou menos o que fazemos ao tentar modelar a cauda de uma sereia, sabe?!).

10754999_10205279881340419_1824833384_n

3) Depois, com a lateral da mão, faça uma marcação no meio, ao longo deste rolo achatado. Esta marcação vai dar a ideia das duas pernas.

10744635_10205279883020461_137096413_n

4) Segurando sua peça pela parte de baixo (onde estariam os pés) gire e ajuste a posição. Passe um palito de madeira (como a boneca seria grande e eu queria bastante sobra de palito para afixar ao bolo, usei um palito de algodão doce que é bem grande!). Então, deixe secar.

10749054_10205279885100513_476188952_n

5) Espete em uma base de isopor e continue com a modelagem. Aqui eu acho que cada um pode fazer o tronco e roupas como está acostumado, mas eu também amei a dica dele de deixar um palito segurando uma das bordas da saia, o que dá muito movimento e vida para a boneca ao final. Outra coisa que eu AMEI nesta boneca foi a proposta para a cabeça, de arrematar com um lenço super estiloso e nada de cabelo.

10522728_10205279888140589_104579035_n

10751844_10205279889220616_1944479314_n

10656196_10205279890740654_1146323217_n

Advertisements

Bolo da Semana: O talento da Luciana

Para o #surpreendaachef dessa semana, escolhi o trabalho inspirador de uma das minhas seguidoras. O nome dela é Luciana e ela me contou sua história lá na nossa página no facebook:

“Cada bolo que faço é um desafio novo e um carinho para que o cliente fique sempre satisfeito! Na verdade, minha formação é outra… sou Médica Veterinária… e agora sou boleira ou confeiteira ou cake design ou qualquer outro nome que adoce a vida dos outros! Resumidamente, quando minha primeira filha nasceu, eu teria que ter a deixado com 4 meses 10hs/dia, todos os dias, na creche… e aos sábados teria q contar com ajuda de alguém pq eu trabalhava de segunda à sábado… fora produção domingo que às vezes precisava ir e viagens pela empresa… não deu pra fazer isso com a gente… não consegui me ausentar desta maneira… e acredito que como a grande maioria das mães que fazem isso, resolvi transformar meu hobby em um trabalho… criei uma página aqui no facebook como quem não quer nada, na verdade sem acreditar em muita coisa, e cá estou, com 2140 curtidas e uma clientela que sempre me acompanha!”

Acredito sinceramente que alguém como a Luciana, que está disposta a começar mais uma vez, seja pelo motivo que for, conseguirá sempre encontrar mercado para trabalhar e ser reconhecida. Amei receber sua história, Lu!!! ❤

Agora, confira um pouco mais do trabalho da Luciana D’Amato:

10717831_10203482937208902_680693728_n

10711196_10203482938728940_609260784_n

10714655_10203482936688889_1401637471_n

E se você também quer participar do #surpreendaachef, é só enviar seu bolo e sua história lá na página do facebook:

http://www.facebook.com/otaviaboloebrigadeiro

 

Flores de Glacê Real

Estas flores são bem diferentes… Na verdade, meio estilizadas. Gosto muito disso!
Acho divertido, porque é quase uma interpretação da flor. Sempre que eu faço este tipo de trabalho lembro da Margaret Braun
6179CC9WPWL._SL500_AA300_
Eu já tive aula com ela (Ameeei!! Super fofa!) e no livro Cakewalk ela diz que acredita que a gente nunca vai conseguir superar a natureza. Por isto, ela não faz aquelas flores de massa elástica, super realistas. Ela se inspira no desenho de flores e cria imagens, desenhos e modelagens bem diferentes.
Aqui, uma flor que tem alguma coisa de um crisântemo, eu acho. Vi uma vez em um bolo da Martha Stewart, e desenvolvi esta maneira de fazer.
A grande vantagem é que é simples: você só precisa de um bico perle, saco de confeitar e glacê real. E, não precisa ser uma expert com glacê, basta a habilidade de fazer as “pétalas” no mesmo tamanho.
Para fazer:
Faça várias “gotas”, bem alongadas, com glacê em cima de uma superfície lisa forrada com plástico (Uso saquinhos de congelar alimentos!). Deixe secar completamente. A secagem pode levar umas 5  horas.
foto 1
Destaque todas as pétalas, tomando cuidado para que não quebrem. Faça uma bolinha de glacê e, cuidadosamente, vá “espetando” as pétalas de fora para dentro até completar a flor.
foto 2foto 3
Deixe secar novamente. Esta etapa pode demorar um pouco mais e por conta disto, deixo de um dia para outro.
Pronto, basta colar no seu bolo!
foto 5
Aqui, o bolo foi inteirinho decorado com peças e flores de glacê.
10306840_10203805771648598_384615122_n

Produzindo a versão mini do bolo Cesta de Cajus

mini bolo cestinha pronto

Um tempinho atrás produzi uma quantidade grande de “cestinhas de caju” – uma versão mini do bolo “Cesta de Cajus” que aparece no meu livro: Doce Brasil bem Bolado. Queria dividir com vocês as etapas desta produção:

modelando os cajus

Tudo começou com a modelagem dos cajus, que pode ser feita com antecedência. Aqui, eles estão em cima de um pouco de Açúcar impalpável, para que não fiquem achatados enquanto secam.

Ingredientes???

Haja caju!!! O recheio é um doce de caju feito com as frutas mais frescas e maduras que puder encontrar.

ingredientes

Os cajus foram cozidos em uma calda de açúcar, e depois transformados em um purê.

cajus na calda de acucar

Aqui, depois de confeitados, os bolinhos sendo embalados:

mini bolos caju

Dicas para Modelagem de Princesas: Como fazer vestidos?

bolo cinderella I

Ainda no clima “princesas”, inspirado pelo último post, quero mostrar um detalhe da modelagem destas bonecas. Elas são um sucesso em aniversários de meninas e sempre faço tudo com pasta americana!

Uma verdadeira princesa tem que ter um vestido bárbaro: saia longa, brilhos, detalhes e muitos babados; que podem ser feitos de um jeito bem simples.

A modelagem começa com um cone bem alto, que sempre deixo secar um pouco, para ficar firme. Em seguida, o torso feito de pasta cor de pele.

pap 1

Este cone é a base da saia, e deve ser coberto com pasta americana na cor do vestido.

Para fazer o volume da saia, basta colocar mais pasta americana, no formato de uma gota bem alongada, colada ao longo da saia.  Este é um jeito fácil de fazer um vestido puro glamour!

PAP 2

Depois disto, adicione os detalhes do personagem.

pap 3

E a bonequinha está pronta!

Cinderela  detalhe

Este rostinho foi feito com o molde do Carlos Lischetti, que comprei na loja da Squires Kitchen (www.squires-shop.com)

Quem ainda não conhece o trabalho dele, corre lá… é deslumbrante!!!! (carloslischetti.blogspot.com)

Bazaar e Brownie

BAZAAR 01

A revista Harper’s Bazaar comemorou dois anos de sucesso com um almoço de confraternização oferecido pela designer Emar Batalha. A festa aconteceu no finalzinho de Novembro na loja da designer nos Jardins (SP).

almoco-bazaar-2511-5_652x408

E agora, atendendo aos pedidos, vou dividir com vocês uma receita que eu adoro e que foi um sucesso entre os convidados da Bazaar. É um brownie, versátil e perfeito para ser apresentado como míni bolo.

Ok, eu sei que há receitas incríveis de brownie por aí, algumas mais ricas em chocolate, e tão boas quanto. Mas, o que faz desta receita um sucesso é que ela é econômica e tem uma durabilidade enorme: os bolinhos cobertos com pasta duram 5 dias, mantidos em temperatura ambiente, longe de calor excessivo. E o melhor: ela é super simples de fazer (não precisa de batedeira), e pode ser multiplicada ou dividida a vontade!

Quem fizer vai notar que ele é bem doce e acredito que a durabilidade tem a ver com isto.

Ah, quase esqueci: pode congelar também! Embrulhe em filme plástico e papel alumínio, para não pegar cheiros. Para descongelar, deixe em temperatura ambiente por duas horas.

Receita:

400 g manteiga sem sal (NÃO pode ser margarina!!!!!!)

400g chocolate meio amargo picado (o melhor que vc encontrar!)

07 ovos

03 1/4 xícaras de açúcar

01/2 colher chá de sal

02 xícaras de farinha de trigo

Derreta a manteiga com o chocolate em banho Maria, mexendo com fouet até ficar homogêneo.

BAZAAR 02

Bata os ovos com o açúcar por 3 minutos (pode ser à mão, com fouet), junte o sal. Junte a mistura de manteiga e açúcar, bata para misturar, e junte a farinha. Coloque em forma untada com manteiga e enfarinhada (não unte com óleo ou margarina, porque vai grudar!!!!!!!)

Leve ao forno pré-aquecido a 180 graus, por 55 minutos. Ele vai ter uma “casquinha” mas o interior da mistura ainda estará macio. Se preferir, a massa pode ser assada nos aridade míni bolos. Esta receita pode ser assada em uma forma retangular de aproximadamente 20x 30 cm.

almoco-bazaar-2511-14_652x408

Pronto! Gostaram? Depois contem aqui como ficou o seu! ❤